quarta-feira, 4 de setembro de 2013

A alegria -- Cecília Meireles

Esta escritora deixou-nos grandes poemas e grandes livros. Aqui fica um poema de Cecília Meireles,espero que gostem.


No fundo de um poço
deitei a Alegria,
dizendo-lhe: “Espera
que volto algum dia,
com louros e rosas,
Amor e Poesia.”
No fundo de um poço
por que a deitaria?
Por que desprezava
sua companhia?
Pensei que no mundo
tudo padecia.
Ai, como o pensava!
E não a queria.

No fundo de um poço
deitei a Alegria.
Chegaram os tristes
por quem eu sofria.
Consigo a levaram
- e de longe o via! -
Nunca perguntaram
a quem pertencia.
Sofrer por sofrer,
somente eu sofria.
Os outros, - apenas
querendo alegria.
À beira do poço
voltarei um dia.
Pousarei meu rosto
na água negra e fria,
em ramos serenos
de Amor e Poesia.
Direi meu segredo,
sem melancolia.

E na água profunda,
sem noite nem dia,
eu mesma serei
minha companhia.
Eu quis outra coisa
que ninguém queria.
Nem tenho saudade
da antiga Alegria.


Cecilia Meireles

Espero que tenham gostado e até breve minha gente. Finalmente aproxima-se o tempo do qual eu mais gosto,vêm aí dias fresquinhos e eu provavelmente voltarei a bordar com mais força e alegria. Visitem o meu blogue de artes.

http://pontodecruzdamafalda.blogspot.pt


Beijinhos fofinhos!!







36 comentários:

  1. Ela é uma ótima escritora! Lindo esses poemas!
    Bjkinhas...

    http://artedepintarunhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  2. Cecilia Meirelles é a dama da literatura.
    Linda poesia.
    Boa artes pra vc

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. maravilhoso texto

    Deixo um abraço
    ****************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Olá amiga, linda poesia uma delícia para o nosso coração!!!Parabéns pelo bom gosto!!!
    Beijos, Marie.

    ResponderEliminar
  5. Oioi!
    Amei a poesia!
    Bjos e Braços... ;***


    http://vialiesmaltes.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. Aaah amei esse texte. A Cecilia Meireles arrasa né!?

    Beeeijinhos Fê
    bycoisasdeguria.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  7. Parabéns pela postagem de tão belos poemas.

    ResponderEliminar
  8. OI MAFALDINHA!
    GRATA POR TUA IDA NO "SÓ PRA DIZER", ESPERO QUE TENHAS GOSTADO E QUE VOLTES, ESTOU TE SEGUINDO E PRETENDO VOLTAR.
    UM BELO POEMA DE CECÍLIA MEIRELES, QUE É UMA FADA DAS LETRAS.
    ABRÇS
    http://zilaaniceli.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Olá querida, muito obrigada pelas suas visitas, a sua presença no meu blog é muito importante!
    Quanto a Tag do óculos, ela foi adiada por alguns motivos, mas logo darei início, e te mando as perguntas.
    Um grande abraço.

    pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  10. Boa noite Mafalda!!!
    Desculpe a demora em lhe visitar...mas hoje finalmente venho agradecer sua presença em meu blog.
    Seja sempre bem vinda!!!
    Amei seu cantinho e linda a poesia...Cecilia Meireles tudo de bom...
    Aproveito para lhe desejar uma semana feliz e abençoada!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderEliminar
  11. Já cá estou...carago!
    ;)
    Boa noite Mafaldinha!

    jinhossssss

    ResponderEliminar
  12. Adorei a poesia!!!
    Hum... agora vai começar o calor por aqui, rs..., e para costurar... não combina.

    Bjs

    ResponderEliminar
  13. Mafaldinhamiga

    Cecília Meireles - grande poetisa, do melhor que o Brasil tem. Sou um admirador da sua Poesia, mas também de tudo o que fez, incluindo o Jornalismo. Um caso sério na cultura brasileira, singularmente filha de pais açorianos, mas já nascida em terras de Santa Cruz.

    Este poema é uma obra de arte, aliás como todos os versos que fez. No fundo de um poço
    deitei a Alegria,
    dizendo-lhe: “Espera
    que volto algum dia,
    com louros e rosas,
    Amor e Poesia.”


    Parabéns Mafaldinhamiga! Escolheste bem! Gostei. Gostei do poema (que já conhecia), gostei do teu blogue, gostei de tudo! Obrigado por me dares tanto...

    Por isso já o coloquei nos meus BLOGUES MAIS FIXES lá na Travessa.

    Qjs = queijinhos = beijinhos

    Henrique

    ResponderEliminar
  14. Querida amiga

    Há poemas que
    nos acariciam
    com mãos de ternura...

    Que a alegria dance
    em tua vida apaixonadamente.

    ResponderEliminar
  15. Lindo poema.

    Bjks.

    http://rita-nailart.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  16. Mafaldinha, estou lhe seguindo só porque vc postou Cecília Meireles(rsrs),minha musa, minha inspiração! Uma riqueza essa poesia escolhida por vc. Amei! Obrigada mesmo pela sua presença em meu blog! Adorei! Beijos e um grande abraço!

    ResponderEliminar
  17. Muito lindo esse poema.
    Beijos.

    http://as-coisas-mais-doces.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  18. Gosto de poemas , mas as vezes eles falam
    tão intensamente , que lindo .

    bjs

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  19. Não é à toa uma grande escritora.

    Bela homenagem.

    beijos

    ResponderEliminar
  20. Ola querida passando para desejar um dia florido!!!!
    beijokas
    instagram @sicaramos
    http://www.estilopropriobysir.com/

    ResponderEliminar
  21. Muito lindo Mafalda, Parabéns!
    http://cordemellls.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  22. Olá querida :)
    Eu não sabia que você tinha um outro blog, irei visitá-lo.
    Belissimo poema
    Beijão**

    Sandra Schiavolin
    *
    Unhas das Benhês
    Unhas das Benhês no Facebook

    ResponderEliminar
  23. Lindo o poema, adoro o jeito leve dela de escrever as coisas.
    Bjos e bom final de semana!
    http://amonailart.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  24. Muito bom!
    Bom final de semana :)
    BJS
    www.byhoradoblush.com.br
    Instagram:@belamatuliones

    ResponderEliminar
  25. Genteee, amo Cecilia Meireles, lia demais quando era pre-adolescente <3
    Beijos, escolheu um ótimo poema!

    www.biancammartins.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  26. Mafaldinhamiga

    Estou de volta, à espera que me ligues um pouco...

    Hoje sou eu que assino na nossa um texto intitulado Sermão do Lázaro. Aviso desde já que ele não deve ser lido por damas, meninas, solteiras, casadas ou viúvas, cavalheiros com menos de 98 anos e máximo 99, integrados na ordem democrática vigente, e com sólida formação moral e cívica. Aqui deixo um excerto.

    Teodósio acordou rouco. Rouco? Rouquíssimo. E o sermão? Nisto meditava quando se dirigia à igreja paroquial e por isso disse com decibéis negativos ao sacristão Jaquim. Como iria ser? Ninguém o entenderia com aquele falar roufenho. Uma desgraça!

    Qjs

    Henrique

    /////////////

    NB – Este texto já saiu na Zorra da Boavista e no Ler, escrever e viver… Um homem não chega para tudo. Tende piedade…

    ResponderEliminar
  27. Adoro Cecília Meireles. Aprendi gostar dela faz alguns anos. Belíssima postagem. Beijos.

    ResponderEliminar
  28. Amei o poema, Cecília Meireles é uma ótima poeta.
    Apesar de conhecer poucos poemas da própria, os que conheço são um arraso!
    Beijos Mafalda :*
    Um ótimo final de semana!
    totalmenterosah.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  29. Oi querida, que lindo!
    Amo Cecília Meireles!
    Beijos e boa tarde de domingo!

    ResponderEliminar
  30. Bom dia, Mafalda. Que belíssima poesia você escolheu da Cecília, bravo.
    Uma força incrível de indagação e respostas esses versos transmitem.
    Tenha uma semana de paz e um abençoado 2014.
    Também prefiro o tempo fresquinho, passo muito mal com o verão.
    Beijos na alma e paz!

    ResponderEliminar
  31. Oi Mafalda, amo Cecília! Tudo o que ela escreve é tão lindo!!
    Volte logo viu?? E borde bastante!!
    Tenha uma boa semana e bom domingo!!

    ResponderEliminar
  32. Olá Mafalda...
    amo os escritos de Cecilia...
    maravilhosa...
    mil beijos e uma ótima semana

    ResponderEliminar